U.O.N - Universidade 11 de Novembro

Notícias

ACORDOS DE COOPERAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE 11 DE NOVEMBRO E IMPRENSA NACIONAL

De acordo com uma nota chegada ao Departamento da Comunicação e Documentação, vinda da Vice-Reitoria para Extensão e Cooperação da UON, no próximo dia 18 de Julho do corrente ano, a Imprensa Nacional (IN) e a Universidade 11 de Novembro (UON) assinam um protocolo que estabelece as relações de cooperação entre as duas instituições públicas, no domínio da impressão e personalização de diplomas e certificados académicos, bem como de declarações de reconhecimento de estudos.

No acto, a IN será representada pelo seu Presidente do Conselho de Administração, Dr. David de Assunção Barros, e a UON pelo seu, Reitor, Professor Doutor João Fernando Manuel.

O referido protocolo Protocolo terá a duração de 5 (cinco) anos, renováveis automaticamente por períodos sucessivos de 1 (um) ano.

__________________

Por: Silvestre Gomes

 

Futuras Instalações da UON, recebem visita do Embaixador da China em Angola, no âmbito das Obras prioritárias para Biénio 2016-2017

 

Em consequência da preocupação do Governo Central, deslocou-se à Cabinda, quarta-feira 08 de Julho de 2016, o Embaixador da República Popular da China, Xiao Changyin. Acompanhado pelo Engenheiro Otiniel Niemba da Silva, Vice-Governador Área Técnica, em representação da Governadora Dra. Aldina Barros da Lomba Catembo, e altos responsáveis do governo local e da Universidade 11 de Novembro, a comitiva visitou as futuras instalações do Campus Universitário de Cabinda na localidade do Caio. A visita do embaixador marca uma nova era para a continuidade das obras que se encontram paralisadas há mais de 1 ano cuja conclusão, pode resolver muitos problemas que afactam a província no que tange ao défice de salas de aulas e a melhoraria das condições de trabalho na UON.

Em palavras de circunstância, o Embaixador chines, manifestou o interesse de apoiar a Universidade 11 de Novembro no domínio de formação pós-graduada dos docentes dentro dos acordos de cooperação existentes entre os Governos de Angola e China, cuja intenção mereceu aplausos dos presentes.

Apesar das obras se encontrarem paralisadas, os resultados são animadores por encontram-se em fase bastante avançada. A primeira fase das instalações contempla a construção dos serviços da reitoria nomeadamente: secretaria-geral, tesouraria, administração, biblioteca central, auditório com a capacidade de 1200 lugares.

Na ocasião o Magnifico Reitor Prof. Doutor João Fernando Manuel, não deixou de expressar os seus profundos agradecimentos pela visita, e a vontade do Governo da China em continuar apoiar Angola, particularmente a oferta formativa aos docentes da UON anunciada pelo Exmo. Sr. Embaixador. Porém, a comunidade da UON continua preocupado com o atraso que se verifica para o início da segunda fase que contempla a construção das instalações das unidades orgânicas, sobretudo para as Faculdades de Direito e Economia e o Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED), que há bastante clamam por mais salas de aulas para atender a demanda do ingresso de novos estudantes.

É de recordar que, o Campus Universitário de Cabinda, faz parte das obras prioritárias do executivo angolano, que em 23 de Maio do corrente ano, fez deslocar para Cabinda os ministros do Planeamento e Desenvolvimento Territorial, Job Graça e da Construção, Waldemar Pires Alexandre, respectivamente, por deliberação da Comissão Económica do Conselho de Ministros, para concertar com as autoridades locais a reprogramação dos projetos estruturantes da província, para estabelecer prioridades em função das dificuldades financeiras do país.

Segundo fontes oficiosas citadas pela Angop, (26 de Maio de 2016), o ministro do Planeamento e Desenvolvimento Territorial afirmou que de acordo a programação dos  projectos, o Campus Universitário de Cabinda, consta da execução  do bieno  2016/2017 no âmbito dos Programa de Investimento Público (PIP).

O Embaixador da China em Angola, Xiao Chingyin, e o Magnífico Reitor da UON, Prof. Dr. João Manuel Fernando

Membros do Conselho de Direcção da UON, a delegação do Governo da Província de Cabinda e a Delegação da Embaixada Chinesa em Angola, defronte da Instalações do Campus.

______________________________________________

Fonte: Gabinete de Informação Científica e Documentação

Por: Jeremias Guilherme & Silvestre Gomes

Imagens: Alberto Mavinga

Responsabilidade, zelo e dedicação, marcam discursos na cerimónia de apresentação da Decana do ISPC-UON

Em 17 de Junho do presente ano, o Magnífico Reitor da UON procedeu à apresentação da Dra. Justina Madalena Buta, à comunidade académica do Instituto superior Politécnico de Cabinda, onde passa a desempenhar as funções de Decana daquela instituição. No seu discurso, o Magnífico Reitor teceu importantes considerações sobre o exercício do poder e as consequências que este acarreta. Para o responsável máximo da Universidade 11 de Novembro, o poder tem a possibilidade de nos dar visibilidade, como também de nos afundar, conforme diz: “Em Setembro, se não me falha a memória, no ano passado, neste mesmo espaço, teríamos dito que o poder era uma espada de dois gumes, nas circunstâncias, empossava-se os decanos e vice-decanos, e lembrei-lhes que o poder tinha a possibilidade de nos dar visibilidade, mas com a mesma força com que nos eleva também nos afunda… A Drª. Justina recebe uma instituição que tem velocidade própria. A Dra. Justina, nesta derradeira fase do processo assume com responsabilidade funções, tarefas em execução. Portanto, ela assume a missão de desenvolvê-la, ou, no mínimo, manter. Manter o nível que esta instituição vem tendo, manter o nome que esta instituição auriu ao longo da sua existência. E esta é um desafio muito grande, sem falar dos desafios científicos, académicos. Queria apenas assim fazer uma guinada aos desafios sociais que a Dra. Justina assume a partir de agora”.

Ao seu turno, a Decana recém empossada, manifestou o seu agradecimento pelo apoio e confiança depositada pela equipa reitoral, e prometeu trabalho durante o seu mandato no espírito de responsabilidade, coesão e dedicação em defesa da ciência e das políticas públicas do país sobre o ensino superior. “Estamos aqui hoje assumindo um grande desafio. Essa responsabilidade a divido a cada um de vós. E também, neste momento, eu gostaria de realçar a grande contribuição que a Drª. Anabela e Dr. Luemba deram ao logo desses anos e com a contribuição de cada um de vós, como funcionários dessa instituição no desenvolvimento da mesma. Em relação ao meu plano de trabalho, gostaria de citar algumas inovações, mas antes gostaria de fazer um grande diagnóstico em todas as áreas da instituição, para depois decidirmos, em conselho, o que é melhor, porque sabemos que estamos a viver um momento ímpar de ponto de vista económico, que não é favorável… Vamos buscar mais parcerias públicas e privadas para podermos diversificar as áreas de estágio, assim como atrair mais investimento privado, porque no estrangeiro vê-se que o investimento privado apoia a universidade, e nós também aqui temos que ir atrás disso para podermos desenvolvemos os nossos projectos… Para terminar, eu gostaria de pedir aos meus funcionários, colegas: o que espero de vós é muita união, disciplina laboral, respeito à hierarquia, e vamos todos abraçar os projectos desta instituição para elevarmos a nossa instituição.

 

Para Drª. Anabela Sinadinse, disse, em nome dos funcionários da instituição, a nova decana, contará com o apoio de todos para manter o bom nome que o ISPC conquistou ao longo dos mandatos anteriores, como frisou no seu discurso: “Esta instituição está, ao longo dos tempos, granjeando prestígio no seio da Universidade Onze de Novembro, pelo que estamos convictos de que a Decana ora nomeada, saberá prosseguir com as tarefas científicas, académicas e de extensão universitária superiormente orientadas… Nós a recebemos de mãos abertas, e estamos dispostos a colaborar e dar o nosso melhor naquilo que for necessário para o bem da nossa instituição… Aos docentes e funcionários desta Instituição, expressamos os nossos agradecimentos, pela colaboração prestada durante o nosso trabalho na direcção do Instituto. Seja bem-vinda Dra. Justina Buta, pois esta é a família ISP – UON.

___________________

Fonte: Gabinete de Informação Científica e Documentação da UON.

Por: Jeremias Guilherme & Silvestre Gomes

Imagens: Alberto Mavinga

 

Newsletter

Assina a nossa Newsletter para receber publicações da Universidade na sua caixa de correio electrónico

Contactos

Contacte-nos para mais informações:
  • Informação Geral: +244 231 222 935

Redes Sociais

Siga-nos nas redes sociais para acompanhar as nossas publicações
Está em... Inicio Notícias & Eventos Notícias