U.O.N - Universidade 11 de Novembro

Eventos na Universidade 11 de Novembro

Coordenadora da 9ª edição das Jornadas Novembro Académico, faz balanço positivo dos debates científicos desenvolvidos nos municípios de Cacongo, Buco-Zau e Belize

No âmbito da 9ª edição das Jornadas Novembro Académico, a coordenação introduziu inovações neste ano de fazer chegar ciência em todos os municípios da província, a fim de projectar maior abrangência dos conhecimentos.


Depois de abertura das jornadas no município de Cabinda, seguiu-se para o interior, o ISCED e a Faculdade de Economia criaram a sua raiz científica no município de Cacongo, tendo desenvolvido os seguintes temas: a utilização da televisão educativa no PEA de matemática, implicações do absentismo escolar no processo de ensino, ensinar as línguas de Cabinda numa perspectiva comunicativa, as práticas pedagógicas: um roteiro a ter em conta.

A Faculdade de Medicina, Faculdade de Direito e Instituto Superior Politécnico, posicionaram-se no município de Buco-Zau, em análise estiveram temas como: A gravidez precoce e suas implicações, Uso abusivo do álcool e outras drogas, transformação mecânica da madeira com baixo impacto ambiental, manejo do fogo, abordagem couberam aos especialistas ISPC.

Os palestrantes da Faculdade de Direito, abordaram sobre a problemática da fuga a parternidade por parte de alguns efectivos das FAA, adesão foi positiva, os participantes solicitaram mais encontros sobre o assunto.

A Faculdade de Medicina, apresentou os seguintes temas: Consequências do uso excessivo do álcool, medidas de higiene após parto e cuidados a ter com a gravidez precoce.

O município de Belize recebeu os especialistas da Faculdade de Economia e Medicina, temas desenvolvidos durante as palestras: doenças transmitidas por vectores e outros animais, doenças sexualmente transmissíveis e gravidez precoce 

 O Administrador-adjunto do município de Buco-Zau, Zacarias de Assis, disse que a iniciativa da Universidade 11 de Novembro deve continuar, porque a ciência precisa alcançar as populações das regiões mais recônditas da província.

Ao fazer o balanço dos trabalhos produzidos nos municípios do interior, a coordenadora do evento da 9ª Edição das Jornadas Novembro Académico, Doutora Berta Marciano, começou por considerar de positiva incursão realizada no interior.

A responsável, disse também que a Universidade vai ensaiar mecanismos de como repetir a mesma prática no próximo ano, tendo justificado que a maior índice de adesão da população motiva levar a ciência nos municípios do interior.

Departamento de Ensino e Investigação de Biologia do ISCED-Cabinda da Universidade 11 de Novembro, reúne mais de 500 estudantes e professores para analisarem qualidade de ensino de Biologia

Sob o lema. “Em Busca da Qualidade no Ensino da Biologia”, o Departamento Académico pretende apresentar aos participantes os resultados da pesquisa sobre a qualidade de ensino da Biologia em Biologica.